sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Mil folhas de Morangos


Vou confessar logo de cara que comprei a massa folhada pronta antes que alguém fique esperançoso. Ainda não tenho coragem de fazer massa folhada em casa. É muito trabalho, e no mercado aqui pertinho sempre tem um pacote prontinho me esperando. Mas não descarto a possibilidade, quem sabe um dia... Essa sobremesa é deliciosa! Vi no canal Bem Simples e chamou minha atenção por ser feita com aquele famoso creme gelado (o creme Pâtissiêre) que eu sempre quis aprender.

Ingredientes:

1 pacote (300 gramas) de massa folhada pronta laminada (usei a da marca Arosa)
1 caixinha de morangos
Açúcar de confeiteiro para polvilhar

Para o creme pâtissiêre:
10 gemas peneiradas
250 gramas de creme de leite fresco
500 mL de leite
180 gramas de açúcar
30 gramas de amido de milho
60 gramas de farinha de trigo
1/2 fava de baunilha (eu não tinha, usei 1 colher de chá da essência)

Modo de preparo:

Desenrole a massa folhada e corte em 4 retângulos do mesmo tamanho. Unte assadeiras com margarina e disponha as massas cortadas. Fure-as bem com um garfo e leve para assar em forno preaquecido (180ºC). Reserve para que possam esfriar.
Higienize e corte os morangos em cubinhos e reserve (retire 2 dos mais bonitos para fazer a decoração).
Faça o creme: na batedeira, junte as gemas peneiradas, metade do açúcar, o amido de milho e a farinha de trigo. Bata muito bem até ficar um creme homogêneo. Numa panela, misture o leite, o creme de leite, a fava de baunilha e a outra metade do açúcar (se você for usar essência de baunilha como eu, deixe para acrescentar no final, depois que o creme já estiver pronto). Leve para ferver, mexendo sempre. Assim que levantar fervura, retire do fogo e vá acrescentando à mistura de ovos, bem lentamente (em fio), parando de vez em quando para a mistura agregar um pouco. Nesse ponto, você deve fazer devagar mesmo, caso contrário você irá cozinhar as gemas e não é isso que queremos. Tenha paciência!
Quando já estiver tudo bem incorporado, pare de bater e retorne o creme ao fogo para que agora engrosse. Vá mexendo sempre até engrossar, e quando isso acontecer, abaixe o fogo e cozinhe por mais uns 2 minutos. Retire do fogo (agora sim, junte a essência de baunilha se você não tiver usado a fava) e reserve, mexendo de vez em quando com um fouet. Caso o seu creme empelote, basta bater rapidamente na batedeira, mesmo se já estiver frio. O meu não empelotou, mas eu quis bater novamente para ficar mais bonito na hora de aplicar. Espere o creme estar completamente frio para aplicar.
Monte a torta: coloque uma camada de massa, disponha 1/3 do creme e 1/3 dos morangos por cima. Repita a operação e finalize com uma camada de massa. Por cima, polvilhe açúcar de confeiteiro e decore com os dois morangos reservados. Leve para a geladeira, sirva fria.



Dicas:

Para essa torta, não usei o truque de retirar a água dos morangos, pois a minha torta não era muito grande e os morangos não estavam tão maduros. Fica a seu gosto.
Se você tiver paciência e habilidade, sugiro que use um saco de confeitar para colocar o creme por cima de cada placa de massa. Fica mais bonito.
Uma mistura de frutas vermelhas também fica ideal para fazer esta sobremesa.
O creme de leite tem que ser do fresco porque vai ferver junto com o leite. Se você usar o de lata ou o de caixa, irá talhar. As gemas devem ser peneiradas, caso contrário, seu creme vai ficar com gosto de ovo.
O creme, ao esfriar, ficará mais firme.
Esse creme é bem suave (pouco doce) para o meu paladar. Eu colocaria um pouquinho mais de açúcar da próxima vez.

5 comentários:

  1. Hummmmm deu água na boca!!!! Depois vou fazer =D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então me conta depois Lili! bjs

      Excluir
    2. Nossa! Ficou linda! Fiquei curiosa!!! :D

      Excluir
  2. Não acho que sejam necessárias tantas gemas para fazer um bom creme de confeiteiro. Existem receitas ótimas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lili, acredito em você. Mas ainda não conheço nenhuma outra receita de creme de confeiteiro que seja comprovadamente boa, pois essa foi a primeira vez que fiz.
      Uma amiga chamou minha atenção justamente para isso, aí achei num livro de receitas que tenho aqui uma que levava 4 gemas, porém as proporções de ingredientes também eram menores, ou seja, o creme renderia menos.

      Excluir

Eu comentaria isso!