terça-feira, 23 de agosto de 2016

Cupcakes Nega Maluca


Receita coringa de bolo de chocolate lá do livro do Caio Novaes. Pode fazer em forma de cupcakes (com ou sem recheio - esses estão sem recheio, mas fartos de cobertura!) ou em uma forma média a grande porque o bolo rende bastante. Olha como é fácil e rápido:
Fonte: As famosas receitas do Ana Maria Brogui (p. 148).

Ingredientes:

Para o bolo:
250 gramas de farinha de trigo
400 gramas de açúcar
100 gramas de chocolate em pó
250 mL de óleo
120 mL de água fervendo
4 ovos
1 colher (sopa) de fermento

Para a cobertura:
1 lata de leite condensado
170 gramas de chocolate ao leite e/ou meio amargo (eu uso uma mistura dos dois para não ficar muito doce)
1 caixinha de creme de leite

Modo de preparo:

Misture em uma tigela a farinha, o açúcar, o chocolate e o óleo. Depois, adicione a água fervente e mexa. Acrescente os ovos, o fermento e misture até a massa ficar homogênea. Despeje em formas para cupcake ou em uma assadeira untada e enfarinhada e leve para assar em forno preaquecido até passar no teste do palito.

Para a cobertura:
Leve tudo ao fogo médio em uma panela de fundo grosso e mexa até ficar em ponto de brigadeiro mole. Espere ficar morno (a cobertura vai ganhar mais consistência enquanto isso) e coloque por cima dos cupcakes.

Dicas:

A receita rende cerca de 24 cupcakes. Dependendo de quanta cobertura você colocar, talvez essa quantidade não seja o suficiente para cobrir todos. Eu fiz apenas 6 cupcakes (1/4 da receita) e metade da receita da cobertura, pois gosto com muuuuito brigadeiro.

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Pizza Invertida



Adoro essas receitas criativas! Essa passou no programa da Ana Maria Braga - trata-se de uma pizza feita "de cabeça para baixo", ou seja, primeiro você coloca os ingredientes do recheio em um refratário e depois cobre com a massa! Muito gostosa, diferente e fácil.
Fonte: Mais Você (Nathalia, obrigada pela dica!).

Ingredientes:

Para a massa:
175 gramas de farinha de trigo (cerca de 1 e 1/2 xícara (chá) não muito cheia)
1 colher (chá) de sal
1 colher (chá) de fermento biológico seco
6 colheres (sopa) de água morna
1 colher (sopa) de azeite

Para o recheio:
200 gramas de muçarela em fatias
200 gramas de presunto em fatias
Palmito a gosto (usei meio vidro grande)
Ervilhas a gosto (usei cerca de 100 gramas)
Molho de tomates a gosto
Catupiry a gosto
Orégano

Modo de preparo:

Para a massa:
Misture todos os ingredientes, acertando o ponto da massa com a água. Quando formar uma bola, amasse muito bem (cerca de 5-7 minutos) e deixe descansar em lugar abafado por mais ou menos 1 hora.

Para a montagem:
Pegue uma forma que possa ir ao forno. A Ana Maria fez em cumbucas individuais (eu até tenho algumas, mas como não sei se podem ir ao forno usei uma forma de porcelana para torta). Unte esse refratário com manteiga e espalhe uma grossa camada de muçarela (precisa ser bastante mesmo para fazer uma espécie de "cama" para o recheio não queimar e nem escapar na forma). Coloque depois o presunto, o palmito, as ervilhas, o catupiry e finalize com o molho (eu até dispensaria o molho, fique à vontade!) e orégano. Estique a massa e cubra toda o recheio, grudando a beirada da massa no lado de fora da forma. A massa não pode ser fininha! Leve para assar em forno preaquecido até dourar. Retire, passe uma faca para soltar as beiradas da massa e desenforme cuidadosamente, virando sobre o prato que vai servir.

Pizza crua pronta para ir ao forno

Pizza já assada, pronta para desenformar

Dicas:

A receita de massa que a Ana Maria faz é outra. Resolvi fazer essa porque eu queria uma quantidade que desse certinha na minha forma e não sobrasse. A que passou no programa é grande e rende muito. Minha forma de porcelana tem 20 cm.
O recheio pode ser o que você quiser. Os únicos requisitos são ter bastante muçarela, fazendo aquela "caminha" que expliquei acima; e evitar ingredientes que soltam água, como tomates por exemplo. Eu achei desnecessário o molho, pois a muçarela solta líquido enquanto a pizza assa.
Coloque uma outra forma qualquer por baixo para evitar que o recheio queime antes da massa terminar de assar.

terça-feira, 16 de agosto de 2016

Canelone de Abobrinha


Eu gosto muito dessas "receitas que enganam" - para mim, é uma forma de transformar algum legume insosso em algo realmente gostoso. Tenho certeza de que muita gente comeria esse canelone sem saber que a massa é na verdade uma fatia de abobrinha bem fininha sem nem desconfiar. E olha só como é fácil de fazer:

Ingredientes:

1 abobrinha grande
10 fatias de presunto
10 fatias de muçarela
Requeijão cremoso (o quanto baste)
Molho de tomates (pode usar algum pronto ou caseiro)
Queijo parmesão para polvilhar

Modo de preparo:

Corte a abobrinha crua em fatias bem finas (o número de fatias vai depender do tamanho da abobrinha). Tempere cada uma com sal e pimenta. Então corte a fatia de presunto e a de queijo de forma que cada pedaço cubra totalmente a fatia de abobrinha, assim:


Coloque cerca de 1 colher de chá de requeijão em uma das extremidades, e enrole a fatia a partir dessa ponta, até formar um rolinho:


Faça isso até terminar as fatias de abobrinha. Disponha os rolinhos em um refratário e cubra com molho de tomates. A quantidade de molho deve cobrir bem os rolinhos (não precisa fazer uma piscina de molho, mas deve haver uma quantidade suficiente para cozinhá-los - se chegar até a metade deles, já está bom). Polvilhe parmesão e leve para assar em forno médio (preaquecido) até que as abobrinhas fiquem macias.

Dicas:

O molho não pode estar muito grosso, pois os canelones irão cozinhar nele; também não pode ser tão ralo, pois a abobrinha vai soltar água nesse molho enquanto cozinha, deixando-o ainda mais ralo). Se for usar molho pronto, coloque mais ou menos 1/2 xícara de água para cada lata ou sachê de molho utilizado.
Pode variar os recheios - outros tipos de queijos; queijo com frango; queijo com carne; etc.

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Cheesecake de Nozes



A ideia surgiu de um post no facebook lá da página do Tastemade. Na verdade, era para ser uma cheesecake de bombom Ferrero Rocher, mas acreditem, no dia que resolvi fazer não encontrei o bendito bombom para comprar. Daí fiz uma adaptação com nozes e deu muito certo. Nessa receita, também chamou minha atenção o fato da base ser feita com Sucrilhos, fica crocante e bem diferente do usual.

Ingredientes:

200 gramas de flocos de milho
70 gramas de manteiga sem sal derretida
4 colheres (sopa) de cacau em pó - usei chocolate em pó
200 gramas de nozes
500 gramas de cream cheese
2 caixinhas de creme de leite
85 gramas de açúcar
½ colher (chá) de essência de baunilha
1 barra (170 gramas) de chocolate meio amargo

Modo de preparo:

Triturar os flocos de milho, juntar a manteiga derretida e o cacau (ou chocolate) em pó. Forrar o fundo de uma forma (22-25 cm) de aro removível e levar para a geladeira por cerca de 30 minutos. Processar as nozes, juntar o cream cheese, o açúcar, 1 caixa de creme de leite e a baunilha e bater até que os ingredientes se incorporem. Despejar sobre a base e nivelar com uma espátula. Levar para a geladeira até o creme firmar (cerca de 2 horas). Derreter o chocolate junto com o creme de leite e colocar sobre a torta. Levar novamente para a geladeira por mais 2 horas. Deserformar e servir gelado.

Dicas:

Se você quiser fazer a cheesecake com os bombons Ferrero, basta substituir as nozes por avelãs; e colocar 8 bombons por cima da torta já finalizada.
A base com sucrilhos é crocante e diferente, mas eu sinceramente prefiro a base comum com biscoitos tipo "maizena/maria". Se você quiser substituir a base, use cerca de 200 gramas de biscoitos.

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Bolinho de Mandioca com Carne


Sobrou carne de churrasco ou até mesmo qualquer sobrinha de carne e você não sabe o que fazer com ela? Então já tem uma opção. Esse bolinho delícia de mandioca pode ser feito com qualquer carne. Evita o desperdício e você ainda tem uma opção diferente para usar as sobras, ao invés de tacar tudo no molho do macarrão (confessa que você faz isso - eu faço! rsrs).

Ingredientes:

500 gramas de mandioca cozida
Sobras de carne (eu usei sobras de carne de porco - uns 200-250 gramas mais ou menos)
1 gema
1/2 cebola picadinha
Cheiro-verde a gosto
Sal e pimenta a gosto
Farinha de rosca para empanar
Óleo para fritar

Modo de preparo:

Processe as sobras de carne até ficar tudo uniforme. Reserve. Amasse a mandioca cozida ainda quente. Junte a carne, a cebola, o cheiro-verde, a gema e os temperos. Misture tudo muito bem com as mãos (se você tiver um moedor em casa, pode passar a massa uma vez nele - ajuda a dar liga e deixa o bolinho mais uniforme; se você não tem, não tem problema porque o bolinho dá certo do mesmo jeito, provavelmente terá apenas um aspecto mais rústico). Unte as mãos com óleo e faça bolinhas médias. Empane com a farinha de rosca e frite em óleo quente.

Dicas:

Cuidado na hora de temperar a massa. Dependendo da sobra de carne que você usou, pode ser que precise de bem pouco sal.
Pode usar mais de 1 tipo de carne no bolinho. Se você não tem processador de alimentos, triture a carne no liquidificador ou na faca mesmo (tem que ficar muito bem picada, dá trabalho mas não é impossível).
Essa receita rende mais ou menos 25 bolinhos.

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Bolo Chiffon de Laranja



Um arraso esse bolo que achei no blog do Richie, A Cozinha Coletiva. Quem não conhece, vale muito dar uma passada por lá. As fotos são de profissa e as receitas são um encanto. A receita original era com tangerina, mas fiz com laranja mesmo porque era o que eu tinha em casa. O sabor fica bem suave e é absurdamente macio. Entrou para a lista dos meus bolos preferidos.

Ingredientes:

2 xícaras (chá) de farinha de trigo, menos duas colheres (sopa) - meça a xícara e retire as colheres da farinha medida
2 colheres (sopa) de amido de milho
4 colheres (chá) de fermento em pó
1/2 colher (chá) de sal
1 e 1/2 xícaras (chá) de açúcar
1/2 xícara (chá) de óleo de girassol, canola ou outro óleo vegetal sem sabor
6 gemas em temperatura ambiente
2 colheres de sopa bem cheias de raspas da casca da laranja (ou tangerina)
1/2 xícara (chá) de suco de laranja natural, espremido na hora
1/4 de xícara (chá) de água gelada
6 claras em temperatura ambiente
1/4 de colher (chá) de cremor tártaro - se não encontrar, não use
 Açúcar de confeiteiro para polvilhar
 
Modo de preparo:
 
Preaqueça o forno a 180ºC. Peneire juntos, em uma tigela grande, a farinha, o amido, o fermento, o sal e 1 xícara do açúcar. Peneire a mistura mais uma vez. Faça uma cavidade no meio da mistura de farinha e junte o óleo, as gemas, as raspas e o suco de tangerina e a água gelada. Bata com um fouet até a massa ficar lisa e homogênea.
Na batedeira, em velocidade médio-alta, bata as claras com o cremor tártaro até conseguir picos moles. Com a batedeira ligada adicione a 1/2 xícara de açúcar restante aos poucos, colherada por colherada, até que o merengue alcance picos firmes e fique liso e brilhante. 
Adicione metade do merengue à massa e misture, com uma espátula ou colher grande, delicadamente, fazendo movimentos circulares de cima para baixo. Junte o restante do merengue e incorpore da mesma forma, sem misturar demais.
Passe a massa para uma fôrma de bolo chiffon de 25 cm untada e enfarinhada (eu não tenho essa forma especial, usei uma forma comum com furo no meio). Leve ao forno até que, enfiando um palito no centro, ele saia limpo. Não deixe assar demais. Retire do forno e espere esfriar completamente antes de desenformar. Passe o bolo para o prato de servir e polvilhe com açúcar de confeiteiro. 
 
Dicas:
 
Fiz metade dessa receita porque o bolo é bem grande.
Acho que este bolo dá certo e fica muito com qualquer suco cítrico! Experimenta!

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Sopa de grão-de-bico com linguicinha


Para aproveitar o curto período de frio que faz aqui no RJ nessa época do ano, essa é uma boa pedida. Diferente do básico/trivial e deliciosa.
Fonte: Cozinha Prática

Ingredientes:

2 latas de grão de bico*
2 tomates italianos maduros
1 cenoura
1 talo de salsão (cerca de 1/2 xícara (chá) picado fino) - usei alho poró, pois não encontrei o salsão no dia
1/2 cebola
1 dente de alho
1 litro de água (aproximadamente)
1/2 colher (chá) de cominho em pó
1 colher (chá) de páprica doce
1 folha de louro (não coloquei)
200 g de linguiça aperitivo (cerca de 8 linguiças)
azeite a gosto
sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Modo de preparo:

Faça o pré-preparo: passe o grão-de-bico por uma peneira e deixe escorrer bem a água. Em uma tigela, reserve uma xícara (chá) dos grãos para a finalização (essa porção é para decorar a sopa; eu preferi não colocar e usei todo o grão-de-bico no creme). Descasque e pique fino a cebola e o alho; descasque e corte a cenoura em cubinhos; descarte as folhas e corte o talo do salsão em cubinhos; lave, seque, descarte as sementes e corte os tomates em cubinhos. Leve ao fogo médio uma panela média para aquecer. Regue com 1 colher (sopa) de azeite, junte a cebola, a cenoura e o salsão (ou alho poró) picados. Tempere com uma colher (chá) de sal e refogue por cerca de 3 minutos, até murchar. Acrescente o tomate e mexa bem, pressionando com a espátula, até formar uma pastinha. Junte o alho, o cominho, a páprica, a folha de louro e mexa por apenas 1 minuto para perfumar. Adicione 2 xícaras (chá) do grão-de-bico, regue com 1 litro de água, misture e deixe cozinhar em fogo médio (aqui é interessante colocar a água com cuidado. Eu coloquei o suficiente para cobrir os ingredientes - usei uns 800 mL). Quanto mais água você colocar, mais rala vai ficar a sopa depois de pronta). Assim que ferver, diminua o fogo e deixe cozinhar por mais 20 minutos. Enquanto isso prepare os ingredientes para a finalização. Leve ao fogo médio uma frigideira de preferência antiaderente. Quando aquecer regue com um fio de azeite, coloque as linguiças inteiras e junte a xícara (chá) de grão-de-bico reservado. Tempere com sal e pimenta-do-reino a gosto e deixe cozinhar, mexendo de vez em quando, por cerca de 10 minutos até dourar. Desligue o fogo, transfira as linguiças para uma tábua e corte em fatias finas. Reserve o grão-de-bico dourado na frigideira. Passado os 20 minutos do tempo de cozimento da sopa desligue o fogo. Descarte a folha de louro e transfira a sopa para o copo do liquidificador. Bata até ficar lisa e cremosa, e se necessário, coloque mais água quente de acordo com a cremosidade que você preferir. Sirva a seguir com a linguicinha fatiada e o grão-de-bico dourado.
 
Dicas:
 
*Usei grão de bico in natura já que era o que eu tinha em casa. Deixei de molho de um dia para o outro, troquei a água e cozinhei na pressão por cerca de 35 minutos.
Essa quantidade serve muito bem 2 pessoas.
Se preferir, pode usar bacon no lugar da linguicinha. Ou os dois :-D