sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Salpicão de Forno


Peguei essa receita com minha mãe, ela ainda não fez, passei na frente dela e fiz para o Natal. É diferente e um pouco sofisticada. De salpicão tem só o nome, não achei nada parecido. A receita tá aprovada!

Ingredientes:

500 gramas de peito de frango
1/2 lata de milho verde
1/2 lata de ervilhas
1 caixa de creme de leite
50 gramas de queijo parmesão ralado
100 gramas de batata palha
2 colheres (sopa) de amido de milho
1 copo (grande) de leite
Cerca de 150 gramas de "catupiry"
1 tomate picado, sem pele e sem sementes
1 pimentão pequeno picado

Modo de preparo:

Limpar o frango, temperar, cozinhar e desfiar. Regofar o tomate, o pimentão, o milho e as ervilhas. Juntar o frango e a batata palha. À parte, aquecer o leite com o creme de leite e o amido de milho dissolvido em um pouquinho de leite. Misturar este creme com o reservado de frango e despejar numa travessa. Cobrir com uma camada de catupiry, salpicar o parmesão ralado e levar ao forno para gratinar.

Dicas:

A receita original levava um copo de requeijão no lugar do catupiry.

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Peito de Peru com Bacon


Na minha ceia teve peito de peru. Comprei daquelas embalagens de 1 kg, pois a ceia era só para 2 pessoas. Ainda assim tinha muuuita carne. Esse peito de peru veio temperado, mas como limpei novamente (nunca confie na limpeza de uma carne, mesmo quando tá escrito na embalagem que é só colocar no forno) acabei temperando de novo, pois uma parte do tempero acaba saindo. Pesquisei umas receitas na internet e vi que muita gente assa peito de peru no vinho branco. Resolvi experimentar!

Ingredientes:

1 quilo de peito de peru
1/2 xícara (chá) de vinho branco
1 colher (chá) de tempero caseiro
Ervas a gosto (usei orégano, salsa e manjericão)
150 gramas de bacon picadinho
Manteiga a gosto

Modo de preparo:

Retire a rede e a pele que envolvem a carne. Limpe bem. Numa xícara, misture o vinho, o tempero e as ervas. Esfregue bem a mistura no peito de peru e deixe descansar por cerca de 30 minutos. Coloque a carne numa assadeira, derreta um pouco de manteiga e passe por toda a carne. Cubra com papel alumínio e leve para assar. Depois de 30 minutos, retire o papel alumínio e deixe a carne dourar. Numa panela, frite o bacon e reserve. Quando o peito de peru estiver pronto, corte em fatias finas e disponha numa travessa. Jogue um pouco de água quente na assadeira e despeje por cima da carne. Coloque o bacon e sirva.

Dicas:

Mesmo temperando novamente a carne, achei que ficou muito suave. Sugiro aumentar um pouquinho a quantidade de tempero.
O peito de peru é uma carne mais seca, por isso é sempre ideal servir com algum molho.

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Saladinha na Taça


Queria fazer uma salada fácil e pequena para minha ceia de Natal. Peguei a ideia lá na comunidade de "culinária-receitas" do orkut. A receita postada lá era de uma salada num copinho para ser servida como entrada, levava um molho de queijo, mais ingredientes e também 2 tipos de frutas. Como não gosto de misturar doce com salgado, resolvi tirar só a ideia de fazer a saladinha na taça. Achei a ideia ótima: fica uma salada pequena e bonita.

Ingredientes:

1 cenoura pequena ralada (ralo fino)
4 fatias de peito de peru picadas
100 gramas de queijo minas, em cubos
1 pimentão verde pequeno, em rodelas
12 tomates cereja
Um molho de sua preferência (usei o molho rose, da "Hellmann's")

Modo de preparo:

Em 4 taças, vá distribuindo os ingredientes na ordem, fazendo camadas. Cubra com filme plástico e leve para gelar. Coloque molho a gosto apenas na hora de servir.

Dicas:

Se quiser uma receita mais elaborada, aumente a quantidade de ingredientes. Você pode colocar frango desfiado, milho, ervilhas, palmito e até mesmo frutas.
O molho também pode variar, usei um que já tinha aqui em casa.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Arroz Cremoso de Queijo e Ervilhas


Adoro arroz com queijo, principalmente quando fica bem molhadinho, uma "papa" mesmo rsrsrsrs. Coloquei 3 tipos de queijos nessa receita, e usei ervilhas congeladas que na minha opinião são bem melhores do que a de lata.

Ingredientes:

1 xícara (chá) de arroz lavado e escorrido
1 xícara (chá) de ervilhas cozidas
50 gramas de queijo parmesão ralado
50 gramas de mussarela
2 colheres (sopa) de requeijão cremoso
Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo:

Cozinhe e tempere o arroz como de costume. Quando o arroz estiver quase pronto (quase seco), coloque as ervilhas e os queijos. Misture bem, tampe a panela por 1 minuto. Transfira para uma travessa, coloque mais um pouco de parmesão e sirva.

Dicas:

Esse arroz deve ser servido tão logo fique pronto para não perder a cremosidade.
Quando essa receita sobra, o arroz não fica tão bom quanto no primeiro dia. Evite preparar uma quantidade muito grande.

domingo, 26 de dezembro de 2010

Chocotone Trufado de Limão



Nunca gostei de panetone, mas acho que tem que ter para a ceia de Natal. Quando saiu no mercado o primeiro chocotone, fiquei animada porque finalmente comeria um panetone sem aquelas terríveis frutas cristalizadas. Foi uma decepção ao provar e perceber que não tinha quase nada de chocolate lá dentro. Depois de um tempo, surgiram mais novidades, como o chocotone mousse, alpino, etc. Desses eu não tenho do que reclamar, realmente tem bastante recheio. Um dia, navegando pela comunidade de culinária do orkut, me deparo com uma receita de chocotone trufado de limão, postado pela Izabel Augusta (dona também da receita de bolo cavado que já postei aqui). Amei a ideia dela, que é rechear de verdade um chocotone. Fica muito mais gostoso e é muito fácil de fazer.

Ingredientes:

1 chocotone
1 caixinha de creme de leite
200 gramas de chocolate branco
1 lata de leite condensado
4 limões

Modo de preparo:

Desembalar o chocotone e cortar uma tampa. Cavar o miolo e picar em pedaços pequenos. Reservar. Numa vasilha, misturar bem o leite condensado com o suco de limão coado. Numa panela, derreter em fogo baixo o creme de leite com o chocolate branco. Esperar esfriar e misturar com o creme de limão. Separar um pouquinho deste creme para decorar. Misturar o miolo reservado do chocotone ao creme. Despejar dentro do chocotone, colocar a tampa e levar para gelar. Depois de ficar uns 30 minutos na geladeira, retire e decore com o creme reservado. Coloque raspas de limão a gosto e 2 fatias para decorar.

Dicas:

Na receita da Izabel, ela coloca suco de 2 limões apenas. Eu queria que ficasse mais azedinho, então dobrei a quantidade de suco.
Essa receita permite uma infinidade de recheios: maracujá, chocolate ao leite, chocolate branco, chantilly, sorvete, etc. É só usar a imaginação.
O chocotone deve ficar na geladeira, tire exatamente na hora de servir. Quanto mais gelado, mais gostoso.
O tempo de validade da receita é curto. O chocotone começa a ficar seco e duro na geladeira, por isso, consuma em no máximo 2 dias. Também recomendo passar um filme plástico por fora para cobri-lo (fiz isso depois que comemos, para não estragar a decoração).

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Alfajor


Há uns anos atrás, minha cunhadas voltaram da Argentina trazendo uns doces e chocolates de uma tal de Havanna. Eu nem sabia da existência dessa marca, até que minha sogra me deu um alfajor. Ah... depois que provei um, tornou-se um dos meus doces favoritos. Gostei mesmo quando meu marido foi estudar em São José dos Campos e descobri que lá havia algumas lojas Havanna. Comi muitos alfajores durante esse período, e também quando fui em lua de mel para Buenos Aires, quando morei em SJC por 1 ano e meio e também quando estive no Chile. Aproveitei bem todas as oportunidades, inclusive foi a lembrancinha do meu casamento, no lugar dos bem-casados.
Na Argentina o preço é muito menor do que no Brasil, vale a pena trazer uns para estocar. Além do famoso alfajor, o doce de leite e um outro chocolate que só é vendido no inverno - não lembro o nome, mas parecia uma gota com muuuito doce de leite - são maravilhosos. Pena que aqui não tem :-(
Por causa do gosto que tomei por alfajores, fiquei doida com essa receita que minha amiga Lourdes Maria postou na comunidade "Culinária-Receitas" do orkut. Não é igual aos alfajores Havanna, mas é uma receita deliciosa que vale a pena ser feita para quem curte esse tipo de doce.
O tradicional alfajor é um doce típico dos países ibero-americanos, composto de 2 ou 3 camadas de massa, que após assadas devem ser levemente crocantes e macias, quase esfarelando, mas firmes, com recheio de doce de leite coberto com chocolate derretido ou açúcar de confeiteiro.

Ingredientes:

100 gramas de margarina
1 xícara (chá) de açúcar refinado (peneirado)
1 colher (café) de essência de baunilha
4 gemas
2 xícaras (chá) de amido de milho
1 xícara (chá) de farinha de trigo (peneirada)
1/2 casca ralada de um limão (não coloquei)
1 pitada de sal
1 colher (café) de fermento em pó
Doce de leite para rechear
Chocolate ao leite derretido para banhar

Modo de preparo:

Na batedeira, bater a margarina, o açúcar e a casca do limão. Colocar as gemas uma a uma, sem parar de bater, até ficar bem misturado. Juntar a essência de baunilha. Quando o creme estiver claro e fofo, parar de bater. Juntar os ingredientes secos e misturar bem. Transferir a massa para uma superfície seca e enfarinhada, amassar bem. A massa deverá ficar lisa, sem grudar nas mãos. Abrir a massa com um rolo, entre 2 plásticos. Cortar a massa com o auxílio de uma xícara ou copo no tamanho desejado e levar para assar numa fôrma untada e enfarinhada. Esperar esfriar totalmente, retirar da fôrma, rechear a gosto e banhar no chocolate derretido. Transferir para uma superífie coberta com papel manteiga e esperar secar.

Dicas:

Não deixe os biscoitos passarem do ponto, senão ficam muito quebradiços e rechear torna-se impossível. Devem ficar bem branquinhos. Cuidado porque assa rápido!
Se quiser, use chocolate branco ou uma calda de açúcar de confeiteiro e limão para banhar.
Na postagem da Lou, ela também sugere que os alfajores sejam recheados com brigadeiro.

sábado, 18 de dezembro de 2010

Torta Crocante Colorida



Meu marido chamou essa torta de "torta crocante de sobras de geladeira". Não coloquei esse nome, é óbvio, mas é bem verdade que para o recheio saí catando o que sobrava na geladeira. Acabou ficando tão cheia de cores pela variedade dos ingredientes que nomeei de "Torta Crocante Colorida". A massa é da postagem da Joana ("Culinária - Receitas" do Orkut), o recheio dela era de carne moída com queijo. A massa é muito boa e fica levemente crocante.

Ingredientes:

Para a massa:
350 gramas de farinha de trigo
Sal a gosto
1 colher (sobremesa) de fermento em pó
100 gramas de margarina (5 colheres de sopa)
2 ovos
1 gema para pincelar
Queijo parmesão para polvilhar

Para o recheio:
200 gramas de presunto
1/2 lata de ervilha
1/2 lata de milho verde
2 tomates picados, sem pele e sem sementes
1 pimentão picado
100 gramas de mussarela
100 gramas de catupiry
Sal, pimenta e salsa a gosto

Modo de preparo:

Para a massa:
Misturar a farinha, o fermento e o sal. Juntar os ovos e a margarina e misturar bem (se necessário, colocar um pouco mais de farinha). A massa não deve grudar nas mãos. Numa fôrma redonda de fundo removível (20 cm de diâmetro), abra 3/4 da massa.

Para o recheio:
Numa vasilha, misturar o presunto, a ervilha, o milho, os tomates, o pimentão e os temperos. Coloque o recheio, espalhe o catupiry e cubra com a mussarela. Cubra com a massa restante, pincele a gema, polvilhe o parmesão e leve para assar até dourar.

Dicas:
Não dá para abrir essa massa com o rolo, a não ser entre 2 plásticos, pois é um pouco quebradiça.
Os tomates soltam um pouco de água no recheio enquanto está assando, dessa vez eu coloquei, o que não farei na próxima vez que fizer esta receita.
Você pode colocar o recheio que quiser - carne, frango, legumes, bacon, etc.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Frango Escondidinho



Tirei a ideia dessa receita da comunidade do orkut "Culinária - Receitas", da Lene Portugal. Fiz várias alterações na receita original e por isso mudei até o nome. É uma boa opção para quem não gosta de comer vegetais, pois o brócolis, no caso, fica "mascarado" no meio da receita.

Ingredientes:

4 filés (cerca de 800 gramas) de peito de frango
1/2 cebola picadinha
1 colher (sopa) de azeite
400 gramas de brócolis
1 copo de requeijão
500 mL de leite
1 colher (sopa) de manteiga
1 colher (sopa) de farinha de trigo
100 gramas de muçarela
50 gramas de queijo parmesão ralado
Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo:

Tempere, cozinhe e desfie o frango. Numa panela, refogue a cebola e o azeite. Junte o frango e misture bem. Coloque numa travessa.
Faça um molho branco: derreta a margarina, coloque o leite e espere ferver. Dissolva a farinha de trigo em um pouquinho de leite e junte ao molho, mexendo bem até engrossar. Tempere a gosto. Despeje o molho por cima do frango na travessa. Cubra com muçarela.
Cozinhe o brócolis no vapor, corte em pedaços médios e espalhe por cima da mussarela. Coloque por cima o requeijão com o auxílio de uma colher. Finalize com o queijo parmesão ralado e leve ao forno até borbulhar.

Dicas:

Fiz a receita com brócolis, também deve ficar bom com couve flor, cenoura, ou até uma mistura de vários vegetais e legumes.
Usei aqueles pacotinhos de brócolis congelado, de 400 gramas.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Pavê Bicolor na Taça


Inventei essa receita pensando em praticidade (e em usar minhas novas taças de sobremesa!), já que queria um doce pra comer no mesmo dia. O resultado foi um pavê leve com contraste azedinho/doce (chocolate e maracujá combinam muito bem), os cremes são levemente aveludados. Vamos a receita:

Ingredientes:

Para o creme de maracujá:
1 lata de leite condensado
1 lata de suco de maracujá concentrado

Para o creme de chocolate:
250 gramas de chocolate ao leite
1 caixinha de creme de leite
1 caixinha de chantilly pronto

Para a montagem:
Cerca de 6 biscoitos tipo "champagne"
2 bombons Sonho de Valsa

Modo de preparo:

Para o creme de maracujá:
Misture os ingredientes até ficar um creme homogêneo.

Para o creme de chocolate:
Pique o chocolate em pedaços pequenos e leve ao fogo baixo com o creme de leite, mexendo sempre até derreter e formar um creme. À parte, bata o chantilly (que deve estar gelado) até ficar firme. Junte o creme de chocolate ao chantilly e misture bem.

Para a montagem:
Em taças, coloque uma porção do creme de maracujá. Pique os biscoitos em 3 partes e coloque 2 pedaços em cada taça. Despeje o creme de chocolate por cima. Leve para gelar. Quando estiver firme, enfeite com um pedaço de bombom Sonho de Valsa.

Dicas:
Se preferir, troque os biscoitos champagne por biscoitos tipo "maizena" ou até mesmo por bombons picados.
Essa receita rende 8 taças.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Bolinhos de Mandioca


Fiz esses bolinhos para fugir um pouco da tradicional mandioca frita, já que não sei fazer muitos pratos com mandioca. Aqui em Belém é muito comum, eles chamam de macaxeira e comem em muitas receitas. Um prato típico é a maniçoba (ainda não tive coragem de comer) - uma espécie de feijoada paraense, é um cozido com carne de porco que ao invés do feijão, leva folhas de mandioca brava cozida por muitos dias. Tem aspecto de feijoada mesmo, com todas aquelas carnes de porco.
Vamos a receita dos bolinhos, que é muito simples:

Ingredientes:

3 xícaras (chá) de mandioca cozida e reduzida a purê
1 colher (chá) rasa de sal
½ colher (café) de pimenta
2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
1 a 2 gemas
Farinha de trigo para passar as bolinhas
Óleo para fritar

Modo de preparo:

Juntar todos os ingredientes, amassar até dar liga, e fazer bolinhos do tamanho desejado. Passar pela farinha e fritar poucas por vez e rapidamente, em óleo bem quente, até que dourem. Escorrer em papel absorvente. Servir imediatamente.

Dicas:

Esse bolinho fica meio sem graça sem recheio. Dessa vez eu coloquei presunto e queijo. Caso queira fazer sem recheio mesmo, molde bolinhos pequenos.
Amasse a mandioca assim que retirar da panela, principalmente se você não tiver um moedor. Se a mandioca esfriar, fica impossível amassar depois. Como eu não tenho moedor, prefiro amassar com um garfo, e na hora da modelagem retirar os pedacinhos duros que ficaram.

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Bolo Simples Gelado


Quem gosta de bolo molhadinho vai adorar esse daqui. Peguei uma receita postada pela Flor na comunidade "Culinária - Receitas", dei uma modificada no bolo (preferi fazer um bolo que já estava acostumada, para não errar!) mas mantive a calda original. Fica bem úmido e geladinho.

Ingredientes:

Para o bolo:
1 xícara (chá) de leite
2 ovos
2 xícaras (chá) de açúcar
2 colheres (sopa) de margarina
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó

Para a calda:
1 lata de leite condensado
1 vidro de leite de coco

Modo de preparo:

Para o bolo:
Peneirar os ingredientes secos. Misturar os outros ingredientes restantes e bater muito bem. Untar uma fôrma e colocar para assar no forno pré-aquecido.

Para a calda:
Bater os ingredientes no liquidificador. Depois de assado, furar todo o bolo e despejar a mistura reservada, molhando todo o bolo. Quando o bolo estiver frio, cobrir a assadeira com papel alumínio e levar para gelar por cerca de 2 horas. Cortar em pedaços e embrulhar em papel alumínio.

Dicas:

Essa receita também fica deliciosa com um bolo de chocolate.
Se quiser, coloque por cima um pouco de coco ralado.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Purê de Batatas de Forno


A foto não está das mais bonitas mas garanto que a receita é boa. É um jeito diferente de fazer purê de batatas, e eu diria que é mais gostoso do que o purê tradicional. A receita foi postada pela Angela, na comunidade "Culinária - Receitas" do Orkut.

Ingredientes:

6 batatas grandes
3 colheres (sopa) de requeijão cremoso
200 gramas de presunto picadinho
200 gramas de mussarela picadinha
3 colheres (sopa) de queijo parmesão
Salsa, cebolinha e sal a gosto
2 claras em neve
Azeite para untar
Farinha de rosca para polvilhar

Modo de preparo:

Cozinhar as batatas. Depois de cozidas, descascar e passar pelo espremedor. Juntar o requeijão, o presunto, a mussarela, a salsa, a cebolinha e o queijo parmesão. Misturar tudo muito bem. Bater as claras em neve e juntar delicadamente ao purê. Numa fôrma com furo central, untar com azeite e polvilhar farinha de rosca. Despejar o purê e salpicar farinha de rosca. Levar ao forno quente e deixar dourar. Desenformar e colocar num prato de servir.

Dicas:

Achei a receita muito grande e fiz metade, aí acabou ficando baixinho na fôrma. O segredo para ficar bonito depois de desenformado é untar e polvilhar muito bem a fôrma. O meu acabou grudando um pouco, acho que foi porque não coloquei tanta farinha.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Brownie de Ovomaltine


Fui comprar mais ovomaltine e encontrei essa receita na embalagem. Adoro brownie, mas nunca tinha feito, comia em padarias. Brownie é um bolo típico dos Estados Unidos, com gosto forte de chocolate. É levemente úmido e fica baixinho na fôrma. Essa receita é uma variação do tradicional brownie, muito simples de fazer.

Ingredientes:

100 gramas de chocolate meio amargo picado
170 gramas de manteiga sem sal
4 ovos
250 gramas de açúcar (cerca de 1 e 1/2 xícara de chá)
280 gramas de farinha de trigo (cerca de 2 xícaras de chá)
3 gramas de fermento em pó (cerca de 1 colher de chá)
210 gramas de ovomaltine (7 colheres de sopa)
50 gramas de nozes picadas

Modo de preparo:

Derreter o chocolate com a manteiga e reservar. Bater na batedeira os ovos e o açúcar até ficar um creme claro. Juntar a farinha de trigo e o fermento, misturar bem. Acrescentar o ovomaltine, as nozes e o chocolate derretido reservado, mexendo delicadamente. Colocar numa assadeira média, untada e enfarinhada. Levar ao forno pré-aquecido, por cerca de 20 a 25 minutos.

Dicas:

Para saber quando o brownie está pronto, enfie um palito nas bordas da assadeira, se sair seco, está pronto. No centro da assadeira, o palito deverá sair ligeiramente úmido. Se você deixar assar demais, o brownie ficará duro.
Usei castanhas ao invés de nozes.
O brownie tem um tempo de duração muito curto (cerca de 2 dias), fica duro e seco bem rápido. Fiz metade dessa receita, numa assadeira pequena, rendeu 6 brownies médios.

domingo, 5 de dezembro de 2010

Fusilli à Carbonara


Aqui em casa, em alguns domingos, é dia de mandar o marido para cozinha! Bom, na verdade ele se ofereceu para fazer o almoço hoje. E eu estava com essa receita da minha amiga Ligia Matyniak - que também tem um blog - http://torturasdaligia.blogspot.com, guardadinha para uma ocasião que pedisse um prato bem fácil e rápido para preparar. Como ele não tem tanta "paciência" na cozinha, sugeri o preparo dessa receita. Massas estão se tornando a especialidade dele...

Ingredientes:

500 gramas de fusilli de boa qualidade
1 lata de creme de leite
150 gramas de queijo parmesão ralado
3 gemas
250 gramas de bacon picadinho
Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo:

Fritar o bacon e reservar. Numa vasilha, misturar o creme de leite com o queijo parmesão. Colocar sal e pimenta a gosto. Peneirar as gemas e misturar bem. Cozinhar o macarrão com água e sal, escorrer e despejar bem quente sobre o creme. Mexer bem e servir imediatamente.

Dicas:

As gemas vão no creme cruas mesmo, serão cozidas pelo macarrão quente. Por isso é importante colocar a massa rapidamente no creme.
Para evitar aquele gosto forte de ovo, as gemas deverão ser passadas por uma peneira.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Suflê Colorido de Carne



Tirei essa receita da internet, mas não lembro de onde e nem de quem era. Só sei que estava salva aqui no meu computador, e ontem quando eu procurava por uma receita prática e inédita, encontrei esta. Achei bem diferente e gostosa.

Ingredientes:

300 gramas de carne moída
1/2 lata de ervilha
1/2 lata de milho
1 cenoura média, cozida e picada em cubinhos
1 pimentão pequeno, picado em cubinhos
1/2 cebola picadinha
2 tomates, sem pele e sem sementes, picados em cubos
2 ovos
100 gramas de mussarela
50 gramas de queijo parmesão ralado
1 lata de creme de leite
Sal, pimenta e salsa a gosto

Modo de preparo:

Refogue a carne moída, tempere a gosto. Junte a cebola, o pimentão e o tomate e deixe cozinhar um pouquinho. Acrescente o milho, a ervilha, a cenoura e a salsa. Misture bem e reserve. Numa vasilha, bata os ovos até dobrarem de volume. Misture o creme de leite e coloque uma pitada de sal. Junte esse creme ao refogado e mexa bem. Unte uma travessa com óleo e despeje a mistura. Cubra com a mussarela e por cima coloque o parmesão. Leve ao forno até a superfície ficar bem dourada. Sirva quente.

Dicas:

Deixe a carne bem sequinha quando estiver fazendo o refogado, caso contrário, depois que o suflê estiver assado, a carne vai soltar uma água no fundo da travessa.