sexta-feira, 30 de julho de 2010

Tarteletes de Pêssegos


Estive em Juiz de Fora mês passado e fui na casa dos meus tios almoçar. Comi uma sobremesa maravilhosa, as tarteletes de morangos da Dalva. Fiquei com vontade de comer depois (óbvio né?), comprei as forminhas ainda em JF, peguei a receita com ela fiz aqui em casa, com algumas modificações. Usei pêssegos ao invés de morangos porque aqui custam muito caro e são difíceis de encontrar, mas achei que ficam bem melhores com morangos. A foto das tarteletes que a Dalva fez estão no meu orkut. Para quem não conhece e mora em Juiz de Fora, ela faz de tudo pra vender (bolos, tortas, docinhos, salgadinhos, etc.) e eu recomendo! Aproveito e deixo aqui o telefone dela: 32173976.

Ingredientes:

Para a massa:
2 colheres (sopa) de margarina
100 gramas de açúcar
1 ovo
Farinha de trigo até dar ponto

Para o creme:
1 lata de leite condensado
400 mL de leite
1 colher (sopa) bem cheia de amido de milho
1 colher (café) de essência de baunilha

Para o recheio e cobertura:
Cerca de 1/2 lata de pêssegos em calda
Calda para sorvete sabor chocolate

Modo de preparo:

Para a massa:
Misturar a margarina, o ovo e o açúcar. Juntar porções de farinha aos poucos até ficar uma massa homogênea e que não grude nas mãos. Forrar forminhas individuais com fundo removível. Levar para assar em forno médio até dourar levemente as bordas.

Para o creme:
Numa panela, aquecer o leite condensado e o leite até ferver. Abaixar o fogo e colocar o amido de milho dissolvido numa pequena quantidade de leite. Mexer bem até engrossar. Desligar o fogo e acrescentar a essência de baunilha. Reservar.

Para o recheio:
Escorrer a calda, picar os pêssegos em cubos pequenos e reservar.

Montagem:
Desenformar as tarteletes. Colocar uma boa quantidade de creme, os pêssegos em cubos a gosto e por último a calda de choocolate.

Dicas:
Despeje a calda apenas no momento de servir, pois ela "entranha" pela massa, que acaba ficando mole. Caso não goste dessa calda, bata um pouco de chantilly e use em substituição.
As tarteletes feitas com pêssegos em calda devem ser consumidas rapidamente, pois o pêssego tende a ressecar e elas ficam com um aspecto feio. Você também pode substituir por qualquer fruta do seu gosto, ou até mesmo por pedaços de chocolate.
A receita original leva chocolate derretido nas bordas, fica com um aspecto lindo e também é muito gostoso. Para isso, basta derreter cerca de 200 gramas de chocolate ao leite e banhar apenas as bordas das tarteletes.
O rendimento varia de acordo com o tamanho da fôrma que você usou. Fiz em forminhas de cerca de 6,5 cm de diâmetro, renderam 18 unidades.

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Lasanha da Mara


Na minha opinião, não existe lasanha melhor que a da Mara, minha mãe. Não sei de onde ela tirou a receita, se foi invenção dela ou se pegou com alguém. O que eu mais gosto é o fato dessa lasanha levar 2 molhos, acho que fica um contraste legal de sabores que combina muito bem. E é fácil de fazer, desde que siga a receita direitinho!

Ingredientes:

Para o molho de tomate:
2 latas de molho de tomate pronto
Ervilhas a gosto
Manjericão a gosto

Para o molho branco:
1 colher (sopa) de margarina
2 copos (grandes) de leite
1 colher (sopa) bem cheia de amido de milho
2 colheres (sopa) bem cheias de queijo parmesão ralado
Sal, pimenta e orégano a gosto

Para a lasanha:
1 quilo de massa para lasanha (pré-cozida)
600 gramas de presunto de qualidade
600 gramas de queijo tipo mussarela
Queijo parmesão para polvilhar

Modo de preparo:

Para o molho de tomate:
Aqueça as latas de molho de tomate numa panela funda. Coloque um pouco de água e deixe ferver bem para perder a acidez. O molho não deve ficar muito grosso. Coloque ervilhas a gosto e manjericão. Caso queira, coloque mais temperos.

Para o molho branco:
Derreta a margarina e acrescente o leite. Após ferver, coloque o amido de milho dissolvido em um pouquinho de leite e mexa bem até engrossar. Abaixe o fogo e coloque o queijo parmesão, sal, pimenta e orégano. Não deixe o molho engrossar demais, caso isso aconteça, coloque um pouco a mais de leite.

Para a lasanha:
Numa assadeira grande, coloque uma camada generosa de molho de tomate quente. Espalhe uma camada de massa até cobrir todo o fundo da assadeira. Coloque por cima uma camada de presunto, espalhe molho branco. Cubra com outra camada de massa e espalhe mussarela. Cubra com molho de tomate e depois coloque mais uma camada de massa e outra de presunto. Faça isso com quantas camadas desejar. Na lasanha da foto, fiz com 3 camadas de presunto e 3 de queijo, mas minha mãe costuma fazer com 2 camadas de cada. Finalize com a massa e molho de tomate. Salpique o parmesão ralado e leve ao forno até derreter bem.

Dicas:
A massa de lasanha deve ser daquelas pré-cozidas. Caso contrário, você deverá cozinhar antes cada fatia de massa, e isso dá muito trabalho! Eu usei da marca "massa leve". Procure escolher uma que seja mais fina, senão o molho não cozinhará a massa direito.
Os molhos não podem ser tão espessos justamente para que cozinhem a massa da lasanha.
Se preferir, faça um molho de tomate ao invés de comprar pronto. Use tomates bem maduros, remova a pele e deixe as sementes. Tempere a gosto.
Essa receita de lasanha rende muito, se preferir, faça meia receita. As quantidades de presunto e queijo descritas acima são aproximadas.

terça-feira, 27 de julho de 2010

Pavê Europeu



Depois de um tempo sem postar, nada como um docinho... O meu doce preferido é a torta alemã/holandesa. Há quem diga que são a mesma coisa, mas na verdade, a diferença está nas camadas de biscoitos a mais que a torta alemã tem e a holandesa não, além daqueles biscoitos laterais que está presente apenas na holandesa. A cobertura de chocolate que vai por cima também é diferente para cada uma. Uni meu gosto por essas tortas e inventei esse pavê que resolvi chamar de "Pavê Europeu", uma vez que é uma mistura dos dois.

Ingredientes:

Para o creme:
200 gramas de manteiga sem sal
250 gramas de açúcar (peneirado)
1 lata de creme de leite (sem soro)
1 colher (café) de essência de baunilha

Para a ganache:
1 barra de chocolate ao leite (170 gramas)
1 caixinha de creme de leite

Para a cobertura:
1 caixinha de chantilly pronto (usei Hulalá)

Cerca de 300 gramas de biscoitos tipo "maizena"

Modo de preparo:

Para o creme:
Bater muito bem o açúcar com a manteiga até obter um creme esbranquiçado. Juntar a essência de baunilha e bater mais um pouco. Misturar com uma colher o creme de leite (deve ser deixado previamente no congelador por cerca de 1 hora para facilitar a retirada do soro) até incorporar. Reservar.

Para a ganache:
Derreter o chocolate e misturar o creme de leite até ficar bem incorporado.

Para o chantilly:
Bater o chantilly gelado (eu deixo 1 hora no congelador antes de usar) por cerca de 5 minutos na velocidade média da batedeira.

Montagem:
Passe os biscoitos de maizena rapidamente pelo leite e forre o fundo de uma travessa. Despeje metade do creme. Coloque outra camada de biscoitos e o restante do creme. Cubra com mais biscoitos e despeje por cima a ganache. Por último, aplique o chantilly e leve para gelar.

Dicas:
Esse pavê pode ser feito numa fôrma de aro removível e desenformado, pois os cremes ficam bem consistentes após um tempo na geladeira.