sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Torta de Morangos e Avelãs


Sabe quando bate aquela ideia doida de sair inventando e misturando as coisas? Pois é, foi o que me aconteceu com essa torta. Estava com vontade de comer algo diferente, e queria aproveitar a febre dos vermelhinhos - estão lindos, baratos e deliciosos! Inspiração não dá todo dia não, então tratei de aproveitar.

Ingredientes:

Para a base da torta (pão-de-ló):
2 ovos
4 colheres (sopa) de açúcar refinado
5 e 1/2 colheres (sopa) de farinha de trigo

Para o creme de avelãs:
1 lata de leite condensado
3 gemas peneiradas
300 mL de leite
1 colher (sopa) rasa de amido de milho
100 gramas de avelãs trituradas*

Para o merengue italiano:
3 claras
1 xícara (chá) de açúcar
1/2 xícara (chá) de água

Para montagem e decoração:
2 caixas de morangos
30 gramas de avelãs
Calda de chocolate a gosto

Modo de preparo:

Para a base da torta (pão-de-ló):
Bater muito bem os ovos com o açúcar na batedeira até obter uma consistência leve e espumosa. Peneirar a farinha e incorporar na mistura com um fouet. Unte e enfarinhe uma fôrma de 20 cm de diâmetro, de fundo removível, e leve para assar. Desenforme e deixe esfriar.

Para o creme de avelãs:
No liquidificador, bata o leite condensado, o leite, as gemas peneiradas e o amido de milho. Leve ao fogo e mexa sem parar. Quando engrossar, abaixe o fogo e deixe cozinhar por uns 2 minutos, sempre mexendo. Desligue e junte as avelãs trituradas. Reserve até esfriar.

Para o merengue italiano:
Bater as claras em neve. Enquanto isso, levar o açúcar e a água ao fogo baixo, sem mexer. Quando formar uma calda que faça um fio (como chiclete), despejar ainda quente nas claras, sem parar de bater, até formar um creme firme e brilhante.

Para a montagem e decoração:
Na própria fôrma onde o pão-de-ló foi assado, coloque morangos cortados ao meio (seque-os bem numa folha de papel toalha) fazendo toda a volta da assadeira. A parte de dentro do morango deverá ficar voltada para o lado de fora da torta. Em seguida, despeje o recheio de avelãs. Cubra com o merengue italiano. Decore com morangos inteiros, avelãs inteiras e com fios de calda de chocolate. Leve para a geladeira até firmar (umas 4 horas, no mínimo) e então desenforme com cuidado. Sirva gelada.

Dicas:

*Não triture demais as avelãs para o recheio. Ficam mais gostosas quando são achadas aos pedacinhos no creme. Triture grosseiramente no liquidificador.
Se você não gosta de avelãs, experimente fazer com nozes ou castanhas. O mesmo vale para o merengue italiano: você pode cobrir com chantilly, glacê, ganache, etc.




sábado, 18 de agosto de 2012

Tarteletes de Limão e Brigadeiro



Já fiz tarteletes antes, mas não com essa massa. É a mesma que uso quando vou fazer essa torta de morango aqui. Fica macia e levemente doce. Os recheios vão da criatividade de cada um, né? Dessa vez decidi fazer de limão e de brigadeiro, queria algo simples e fácil de fazer.

Ingredientes:

Para a massa:
1 ovo
50 gramas de manteiga
2 colheres (sobremesa) de óleo
1 colher (chá) de fermento em pó
1/4 xícara (chá) de açúcar
1 pitada de sal
Farinha de trigo (até dar o ponto)

Para o recheio de limão:
1 lata de leite condensado
Suco de 2 limões grandes
Raspas de limão a gosto

Para o recheio de brigadeiro:
1 lata de leite condensado
3 colheres (sopa) de achocolatado
1 colher (sopa) de manteiga ou margarina
Chocolate granulado a gosto

Modo de preparo:

Para a massa:
Misturar todos os ingredientes até obter uma massa homogênea. Deixar na geladeira até a hora de usar. Esticar a massa com as mãos, deixando bem fininha, depois coloque nas forminhas para tartelete. Faça furos com o garfo na base de cada forma. Levar para assar até dourar levemente. Retire, espere esfriar e desenforme cada tartelete.

Para o recheio de limão:
Misture o leite condensado com o suco até o creme ficar homogêneo. Despeje sobre a massa já assada e fria e decore com as raspas de limão. Leve para a geladeira até o momento de servir.

Para o recheio de brigadeiro:
Misture o leite condensado, a manteiga e o achocolado numa panela e leve ao fogo até engrossar, sem parar de mexer. Quando começar a desgrudar do fundo da panela, desligue o fogo. Espere esfriar e então recheie as tarteletes. Cubra com chocolate granulado e leve para gelar.

Dicas:

Essa massa cresce um pouquinho na hora que está assando. Por isso é importante deixá-la bem fininha enquanto estiver moldando na forma.
Se preferir o recheio de limão mais azedo, aumente a quantidade de suco. Vai depender do tipo de limão que vc usa e também do tamanho dele.
Eu gosto de fazer brigadeiro com achocolatado ao invés de chocolate em pó. Acho que fica mais doce e prefiro assim. Mas fica a dica para quem prefere um sabor mais forte, é só fazer essa troca.
Essas que eu fiz estão bem simples, mas você pode decorar, colocar chantilly, frutas, use a imaginação.
Renderam 16 tarteletes (8 de cada recheio) e ainda sobrou um pouquinho de massa.

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Quiche de Alho Poró



Pessoas, sumi mas voltei. E hoje trago para vocês uma receita deliciosa e que para mim foi novidade: quiche de alho poró. Minha amiga Silvia falou tão bem dessa receita que fiquei com vontade de provar só pela descrição dela. Apesar de ter um blog de culinária, tenho que confessar que sou muito fresca para comer. Tem uma lista enorme de coisas que eu não gosto, e também de coisas que nunca experimentei. Alho poró era uma dessas coisas, eu nem sabia o que era. Tá, se vc é bobo inocente como eu e nem sabe do que se trata, segue a foto do dito-cujo:


Acreditem, isso é gostoso! E não se parece com o alho comum do nosso dia-a-dia. No site do Hortifruti tem umas dicas de como escolher o alho poró, como usar, essas coisas.
Voltando à receita, a massa eu fiz exatamente como manda esse link que a Silvia me passou. Já o recheio, fiz ao meu modo.

Ingredientes:

Para a massa (paté brisée):
380 gramas de farinha de trigo peneirada
10 gramas de sal
230 gramas de manteiga integral sem sal
Água (o quanto baste)
1 clara para pincelar

Para o recheio:
3 ovos
1 xícara de creme de leite fresco (ou use 1 caixinha)
150 gramas de queijo minas padrão ralado
Cerca de 300 gramas de alho poró picado
1 colher (sopa) de manteiga ou margarina
Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo:

Para a massa (paté brisée):
Misture a farinha e o sal, acrescente a manteiga gelada cortada em cubos e com as pontas dos dedos, misture sem sovar a massa, formando uma espécie de farofa. Acrescente a água aos poucos até que a massa se torne lisa e homogênea. Reserve refrigerada por 30 minutos. Abra com o rolo e com auxílio de filme plástico e disponha em uma assadeira própria para quiche. Gele, pincele com a clara de ovo crua para impermeabilizar a massa*, fure com garfo** e leve ao forno pré aquecido (180º C) para pré-assar a massa (isso leva mais ou menos uns 10-15 minutos).

Para o recheio:
Refogue o alho poró com a manteiga, tempere suavemente e misture bem. Numa vasilha, bata os ovos, misture o creme de leite e tempere com sal e pimenta a gosto. Disponha o alho poró refogado sobrea massa pré-assada, em seguida despeje o creme por cima. Cubra com o queijo minas padrão ralado e leve ao forno até dourar.

Dicas:

* O site de onde saiu a receita dessa massa dá uma dica valiosa para a quiche ficar sequinha e desmanchar na boca: pincelar clara de ovo sobre a massa crua. Isso impermeabiliza a massa, impedindo que a mesma absorva umidade do recheio.
** Outra dica legal: quando for assar massas para tortas, sempre fure a base com um garfo. Isso é para que a massa asse ao invés de cozinhar.
Usei alho poró já picadinho e higienizado porque quando fui comprar eles estavam meio feinhos. Por isso dei a quantidade dele em gramas e não em unidades. Se você for comprar o alho inteiro, use umas 2 unidades grandes.
Essa massa rende muito, quando fiz a quiche preparei apenas metade dessa receita. Minha fôrma tem uns 25 cm de diâmetro.
Cuidado ao acrescentar a água na massa, pois para dar o ponto você precisa colocar bem pouca quantidade. Se colocar demais, passa do ponto.
Usei queijo minas padrão para o recheio, mas poderia ser qualquer queijo. Era o que tinha em casa sobrando.