segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Batatas Rústicas


Mais um achado do blog da Tati, o Panelaterapia, com umas ligeiras modificações. Essa receita é muito fácil, as batatas ficam com aquela casquinha crocante por fora e macias por dentro, um gostinho bom de azeite...! Delícia! Podem fazer para o almoço e depois é só correr para o abraço! (Tati, obrigada pela receita!).

Ingredientes:

3 batatas médias, descascadas e cortadas
Ervas a gosto (usei salsa e orégano)
Azeite
Papel alumínio
Sal a gosto

Modo de preparo:

Forre uma assadeira grande com papel alumínio. Unte com bastante azeite, junte as ervas e polvilhe sal a gosto. Coloque as batatas, dê uma "sacudida" na assadeira para que as batatas "peguem" o sal e o azeite, cubra com papel alumínio e leve ao forno. De vez em quando, vire as batatas para que fiquem coradas por igual. quando estiverem macias, retire e sirva imediatamente.

Dicas:

Essas batatas demoram um pouquinho para ficarem prontas. Se estiver com pressa, dê uma pré-cozida nas batatas antes. Eu fiz sem cozinhar antes e levou uns 45 minutos para ficarem prontas no meu forno.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Batata Cremosa com Bacon, Ervilhas e Queijo


Peguei a ideia dessa receita no Panelaterapia, cujas receitas são maravilhosas, super indico! A receita original chamava-se "Batata Cremosa com Bacon, Alcaparra e Champignon", mas como não gosto de alcaparras e nem de champignon, resolvi usar apenas a "essência" da receita do blog da Tati, trocando uns ingredientes aqui e outros ali. Quem quiser ver a receita original, é só clicar aqui. Ficou muuuito bom!

Ingredientes:

3 batatas descascadas e cortadas em cubos médios
150 gramas de bacon picadinho
1 xícara (chá) de ervilhas (usei a congelada)
1 caixinha de creme de leite
1 ovo
100 gramas de queijo parmesão ralado
Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo:

Cozinhe as batatas em água salgada até ficarem macias, mas sem desmanchar. Reserve. Numa frigideira, frite o bacon. Misture as batatas, o bacon e as ervilhas (já descongeladas, deixe em água fervente por uns 3 minutos). Junte metade do creme de leite e metade do queijo. Coloque sal e pimenta a gosto. Numa tigela, bata o ovo, junte o creme de leite e o queijo restante. Misture tudo muito bem e cubra as batatas. Leve ao forno até dourar.

Dicas:

Se preferir, substitua o creme de leite de caixinha por creme de leite fresco.
Se quiser uma cobertura gratinada (como a da Tati), basta colocar mais queijo por cima para formar aquela camada grossinha, deixe até dourar bem no forno.

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Pavê de Biscoito Moído


Faz tempo que tenho essa receita no meu acervo mas não surgia oportunidade para prepará-la, até que uma tia veio me visitar e deixou um saco de 1 kg de biscoitos aqui em casa! Sabendo que não ia dar tempo de comer essa quantidade toda de biscoitos antes que ficassem ruins, lembrei dessa receita de pavê que estava na fila de espera. O pavê é bem diferente de todos que já experimentei.

Ingredientes:

Para a 1ª camada:
1 lata de leite condensado
200 mL de leite
3 gemas (peneiradas)
1 colher (café) de essência de baunilha
1 colher (chá) de amido de milho

Para a 2ª camada:
200 gramas de chocolate em pó
2 pacotes de biscoito de maisena (usei 300 gramas de biscoitos de leite, de padaria)
1 xícara (chá) de açúcar
200 mL de leite

Para a 3ª camada:
3 claras
1 xícara (chá) de açúcar
1 lata de creme de leite
100 gramas de chocolate ao leite (em lascas) para decorar

Modo de preparo:

Para a 1ª camada:
Em uma panela, juntar as gemas dos ovos, o leite condensado e o leite. Quando iniciar fervura, abaixar o fogo e acrescentar o amido de milho dissolvido em um pouquinho de leite. Esperar apurar, desligar o fogo e juntar a essência de baunilha. Colocar numa travessa e reservar.

Para a 2ª camada:
Esfarelar o biscoito, juntar o chocolate, o leite e o açúcar. Bater no liquidificador até ficar bem homogêneo. Com ajuda de uma colher, despejar sobre o creme que está reservado.

Para a 3ª camada:
Bater as claras em neve, adicionar o restante do açúcar até ficar em ponto de suspiro, depois acrescentar o creme de leite e misturar com os garfos da batedeira desligada. Com o auxílio de uma colher, despejar sobre o creme de chocolate reservado. Decorar com as raspas de chocolate e levar para a geladeira até que endureça.

Dicas:

Esse pavê demora bastante para ficar firme. No dia que fiz, ele ainda estava bem líquido e só ficou firme no final do dia seguinte.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Torta 3 Camadas



Adoro pão-de-ló, e agora resolvi torná-lo mais presente nas sobremesas aqui de casa. Essa receita é pura "invenção de moda", junta tudo de bom e não sei dizer qual das 3 camadas é a mais gostosa.

Ingredientes:

Para a camada 1 (pão-de-ló):
3 claras
3 gemas
3 colheres (sopa) de açúcar refinado
3 colheres (sopa) de farinha de trigo
Gotas de essência de baunilha

Para a camada 2:
1 lata de leite condensado cozida na pressão por 40 minutos
1 barra de chocolate ao leite (170 gramas)
1 caixinha de creme de leite

Para a camada 3:
1 caixinha de chantilly
Confeitos a gosto

Modo de preparo:

Para a camada 1 (pão-de-ló):
Bata bem as claras em neve, até ficarem firmes. Junte as gemas peneiradas, uma a uma. Bata bem. Coloque o açúcar e bata até ficar bem fofo e claro. Desligue a batedeira, junte a farinha e misture com um fouet, delicadamente. Junte a essência de baunilha e mexa. Leve para assar numa fôrma redonda (20 cm), untada com manteiga.

Para a camada 2:
Quando o doce de leite estiver frio, bata na batedeira até ficar cremoso. Derreta o creme de leite com o chocolate e junte ao doce, batendo para misturar. Leve para a geladeira por cerca de 30 minutos para firmar.

Para a camada 3:
Bata o chantilly bem gelado até ficar firme ou no ponto desejado.

Montagem:

Espere o pão-de-ló esfriar e na própria fôrma onde foi assado, despeje por cima o creme da camada 2. Leve para a geladeira por cerca de 2 horas. Depois, espalhe o chantilly e decore com os confeitos. Espere pelo menos mais 4 horas para desenformar. Sirva gelado.

Dicas:

Essa torta é muito fácil de fazer e permite variadas combinações de creme e cobertura.
Use uma fôrma de aro ou fundo removível para que você consiga desenformar.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Salada de Feijão-Fradinho


O feijão-fradinho, feijão-frade ou feijão-de-corda é muito comum aqui na Bahia, pois é o ingrediente base do acarajé. Por causa disso, tem aos montes nos supermercados. Eu sempre adorei salada desse tipo de feijão, mas não encontrava com facilidade para comprar. Agora estou fazendo valer a oportunidade e já testei uma saladinha aqui em casa. A receita é minha mesmo, baseada por algumas que li na internet.

Ingredientes:

1 xícara (chá) de feijão-fradinho
1/2 cebola pequena, ralada
1 pimentão creme picado em cubinhos
1 tomate sem sementes, em cubinhos
Sal e pimenta a gosto
Azeite a gosto
2 ovos cozidos, fatiados em rodelas

Modo de preparo:

Cozinhe o feijão na pressão até ficar macio, porém sem quebrar. Junte a cebola, o pimentão e o tomate e misture bem. Tempere com o sal e pimenta, e coloque o azeite a gosto. Decore com as rodelas de ovos cozidos e sirva.

Dicas:

Não gosto de colocar o tempo que determindas receitas levam para ficarem prontas. Eu não tinha nem ideia de quanto tempo deveria deixar o feijão na pressão, então fui com a maioria na internet e deixei 20 minutos. Foi demais e os grãos ficaram um pouco moles. Na próxima, vou deixar por 15. O negócio é levar em conta a quantidade que está preparando, panela, fogo, etc. Isso é muito relativo e é melhor deixar a experiência dizer.

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Bolo de Festa Infantil


Fiz esse bolo para o aniversário de 1 ano do meu filho. O recheio foi alpino com morangos e a cobertura foi chantilly. Mas a ideia dessa postagem é mostrar como fazer um bolo simples para uma festa de criança, e o mais importante, que fique gostoso.

Ingredientes:

Para a massa:
4 ovos
2 colheres (sopa) de margarina
2 xícaras (chá) de açúcar
1 xícara (chá) de leite morno
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
7 colheres (sopa) rasas de chocolate em pó
1 colher (sopa) de fermento

Para o recheio:
1 caixa de creme de leite
1 e 1/2 lata de leite condensado cozido na pressão por 45 minutos
2 colheres (sopa) de chocolate em pó
250 gramas de chocolate meio amargo ou ao leite derretido
1 colher (chá) de essência de baunilha
2 caixinhas (500 gramas) de morangos lavados e picados

Para a cobertura:
2 caixinhas (400 mL) de chantilly batido (firme)
1 caixa de morangos lavados e cortados ao meio (250 gramas)
Para confeitar use: chocolate granulado, balas de goma, bolinhas crocantes e confeti

Modo de preparo:

Para a massa:
Bater bem os ovos, a margarina e o açúcar. Juntar o leite morno e bater mais um pouco. Desligue a batedeira, coloque aos poucos e delicadamente a farinha, o chocolate em pó e o fermento (todos peneirados). Despeje numa fôrma redonda (28 cm), untada e enfarinhada, e leve para assar.

Para o recheio:
Na batedeira, bater o doce de leite, o creme de leite, o chocolate em pó e a baunilha. Com a batedeira ligada, juntar aos poucos o chocolate derretido. Deixar o creme na geladeira para endurecer um pouco. Na hora de utilizar, misturar os morangos picados.

Para a montagem:
Corte o bolo em 2 partes, molhe cada uma com uma calda de sua preferência (usei achocolatado). Na própria fôrma onde o bolo foi assado, coloque uma das metades já úmida, despeje o recheio e cubra com a outra metade. Leve para a geladeira por no mínimo 6 horas (eu deixei de um dia para o outro). Espalhe bastante chantilly por todo o bolo e alise bem. Com um bico de confeitar faça duas linhas perpendiculares, dividindo o bolo em 4 partes. Enfeite ao redor do bolo também, fazendo um desenho de sua preferência. Em cada parte, coloque os 4 tipos de confeitos variados e no centro, um morango inteiro. Na base do bolo, vá colando os pedaços de morango (cortados ao meio). Deixe na geladeira até a hora de servir.

Dicas:

Esse bolo acabou ficando "alto" demais para ser recheado apenas 1 vez. Recomendo cortar o bolo em 3 partes e rechear 2 vezes com o mesmo recheio, ou então fazer um segundo sabor. Quando o bolo fica "alto", acaba ficando mais seco.
Os morangos no recheio alpino, apesar de muito gostosos, "soltam água" e o creme acaba ficando meio mole. Nesse caso, acho que vale a pena usar os morangos e deixar o bolo por um tempo menor fora da geladeira para que o creme não escorra.

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Cupcakes de Leite em Pó com Morangos


Outra variação de cupcakes, com massa e recheios diferentes. Resolvi experimentar uma massa branca, básica para variar (a de chocolate sempre ganha mais espaço aqui em casa), e também porque combinava melhor com esse recheio de leite em pó. Já fiz esse recheio antes no Bolo de Leite em Pó que já postei aqui. Essa combinação com morangos ficou muito gostosa.

Ingredientes:

Para os cupcakes:
2 ovos
1 colher (sopa) de margarina
1 xícara (chá) de açúcar
1/2 xícara (chá) de leite morno
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1 colher (sobremesa) de fermento

Para o recheio e cobertura:
1 lata de leite condensado
10 colheres (sopa) de leite em pó
200 gramas de manteiga sem sal
1 lata de creme de leite sem soro
1 barra de chocolate branco picada
1 caixinha de morangos picados (reserve alguns para decorar)

Modo de preparo:

Para os cupcakes:
Bater bem os ovos, a margarina e o açúcar. Juntar o leite morno e bater mais um pouco. Desligue a batedeira, coloque aos poucos e delicadamente a farinha e o fermento (todos peneirados). Despeje numa assadeira para cupcakes, untada e enfarinhada, preenchendo cerca de 2/3 de cada cavidade. Leve para assar.

Para o recheio e cobertura:
Bater o leite condensado, a manteiga em temperatura ambiente e o leite em pó, até ficar um creme bem lisinho. Colocar o creme de leite e misturar.

Montagem:
Espere os cupcakes esfriarem bem e corte uma tampa de cada um, fazendo um buraco no meio. Cuidado para não atingir o fundo ou quebrar as laterais. Encha a cavidade com morangos picados e usando uma bisnaga de confeitar, espalhe bastante creme por cima. Decore com o morango reservado e sirva.

Dicas:

Essa quantidade de massa faz no mínimo 12 cupcakes. Enchi todas as forminhas a ainda sobrou um pouquinho de massa que eu (comi) desprezei.
Esse creme não resiste bem ao calor, ainda mais quando amontoado em grande quantidade em cima de um pequeno bolinho! Se você deixar fora da geladeira por muito tempo, com certeza vai o pedaço de morango decorativo para um lado e o creme para o outro.
Essa quantidade de creme é suficiente para rechear e cobrir muito bem cada cupcake (aqui ainda sobrou um pouquinho).